Sala dos Homicídios

Livro usado

 

Em Sala dos Homicídios, P. D. James reformula a célebre frase de Oscar Wilde: "A vida imita a arte" com outra: "A morte também imita a arte". No romance mais recente da escritora inglesa, os crimes se passam no pequeno museu Dupayne, em Hampstead Heath. Lá, numa inquietante Sala dos Homicídios, estão expostos os crimes mais famosos das décadas de 20 e 30. O nome do museu, que a autora confessa ter inventado, nos remete a Auguste Dupin, personagem de Edgar Allan Poe considerado o primeiro detetive dos romances policiais. Em homenagem ao criador do gênero, P. D. James, considerada a "dama do crime" pelos críticos britânicos, monta um novo quebra-cabeça para seu detetive Adam Dalgliesh: o poeta e inspetor da Scotland Yard que já foi protagonista de onze de seus dezesseis romances.
 

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características



    quem comprou, também viu